25 de dez de 2011 | 09:55 | 7 Comentários

Papel, caneta e pensamentos lX


Poesia 17
Você sente?

Você sente?.
O que, o seu corpo.
Faz ao meu?.
Quando juntas estamos?.
O prazer me invade.
Sem medidas.
Me toma.
Me tomba.
O seu calor, me aquece.
Me suaviza.
Sou vencida.
O seu amor, me escraviza.
Você quer saber.
O que a nossa união representa?
Simplesmente, feche os olhos.
Segure forte nas minhas mãos.
Sinta os meus lábios.
A tocar os seus.
Ouça as batidas.
Que vem do meu coração.
O seu amor.
Me invade.
Sem medidas.
Me toma.
Me tomba.
O seu calor, me aquece.
Sou vencida.
Me escraviza.
Me suaviza.
Me enlouquece.
O seu amor.

Poesia 18
Mentalizar o desejo

Mentalizar o desejo.
Quero tanto, as suas mãos.
Deslizando, sobre o meu corpo.
Que ele, pega fogo.
Em imaginar.
A possibilidade de te amar.
Quero tanto, doer de tesão.
Junto com você.
Forte, dentro e intenso.
Quero tanto, o seu beijo.
Os seus seios.
Ser o seu melhor desejo.
Quero tanto, te amar.
Nós vamos, muito nos amar.
Sem imaginar.
Em parar.
Quero tanto, você.
Seja, aqui ou aí.
Seja, aonde for e como for.
Só penso, em te despir.
Quero neste momento.
Seus olhos fixos nos meus.
Viajando juntas.
No prazer que nos invadir.
Até sentirmos o pleno gozo.
Da satisfação que nos dermos.
Quero tanto te amar.
Sei que vou te amar.
Nós vamos muito nos amar.
Mentalizar o desejo.


Por Daniella Dell Ossi
Vejam o link de divulgação do meu trabalho.
Em breve novas poesias aqui no papo delas.
Espero que gostem e aguardo opiniões sinceras.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...